NAVEGAÇÃO


  EDUCAÇÃO

  E.A.D. - Divulgação

  EVANGELHO

  LEITURA DIÁRIA

  REFLEXÕES

  TEOLOGIA

  HISTÓRIA DA IGREJA

  EDUCAÇÃO CRISTÃ

  AULAS DE FÍSICA


  SERVIÇOS FWO

  HOMEPAGES


  HOSPEDAGEM


  DOMÍNIOS WEB


   
     

O EVANGELHO


IX DOMINGO DA IGREJA DE CRISTO NO TEMPO COMUM.
O CRISTO DE DEUS, PROMOVE O BEM E A VIDA! Mc 2:23-3:6

Temos Jesus, segundo o relato do Evangelho, outra vez, colocando em cheque as nossas tradições, conceitos e preconceitos. Ele está se colocando contra as proibições ritualísticas do sistema religioso dominante, que aprisiona o povo em uma sem número de leis e preceitos que não conduzem à paz com Deus, consigo mesmo e com o próximo. Ele está promovendo a libertação do formalismo religioso, a mera religiosidade, o mero fazer e acontecer religioso, que aprisiona cristãs e cristãos em nossos dias, numa série interminável de regras, conceitos e preconceitos.

Identificando-se como Senhor do sábado, Ele está acima das leis, ainda que sejam religiosas, elaboradas pelos homens nas suas conceituações. Elas são relativizadas quando impedem o indivíduo de ter o necessário para a sua própria subsistência. Não há sentido em cumprir com uma regra que desabona a própria vida.

Da mesma maneira, Jesus Cristo, o Homem de Nazaré, mostra que a interpretação da lei deve conduzir para a libertação e para a vida de mulheres e homens neste mundo de Deus. A realização do bem, transcende o cumprimento de normas e preceitos religiosos. Afinal de contas, a vida precede as regras, conceitos e preconceitos.

Evidentemente a promoção do bem e da vida, sempre esbarrará na muralha erguida pelos sistema sócio-político-econômico dominante, em qualquer tempo e em qualquer espaço, que via de regra é escravizante e aviltante. Por isso a inimizade entre a vida e libertação promovida pelo Cristo de Deus, e a morte promovida pelo sistema dominante deste mundo afastado de Deus.

Claramente, a necessidade humana é superior aos cerimoniais, e a promoção do bem, da misericórdia e do amor é superior aos legalismos. Jesus demonstra a todas e todos, particularmente ao sistema dominante, o essencial do Evangelho das Boas Novas de Deus que veio mudar o sistema de relacionamento de mulheres e homens com Deus, questionando merecimentos e fazeres humanos, para com o amor de Deus ilimitado e imerecido.

Como Igreja de Cristo, cristãs e cristãos, somos desafiados a viver a novidade de vida todos os dias da semana, de domingo a domingo, declarando que o Cristo de Deus, é o Senhor da vida e de todos os dias. Portanto, somos desafiados à prática diária do bem, sem olharmos a quem, estendendo a nossa dextra de amor e misericórdia para o nosso próximo, a quem o Senhor da História busca constantemente, através de cada um de nós, neste mundo de Deus.



Rev. Wislanildo Franco
IPU do Brasil / PRNV

Copyright ©1997-2018 Webmaster

PRINCIPAL