NAVEGAÇÃO

  EDUCAÇÃO

  E.A.D. - Divulgação

  EVANGELHO

  LEITURA DIÁRIA

  REFLEXÕES

  TEOLOGIA

  HISTÓRIA DA IGREJA

  EDUCAÇÃO CRISTÃ

  AULAS DE FÍSICA


  SERVIÇOS FWO

  HOMEPAGES

  HOSPEDAGEM

  MANUTENÇÃO

  ANÚNCIOS CLASSIFICADOS




Faça Contato!!!

  A JUSTIÇA DE DEUS E A MISSÃO DA IGREJA.


A justiça de Deus, é o atributo da existência de Deus, por excelência! É o atributo segundo o qual a natureza de Deus, é reconhecida como padrão perfeito, daquilo que é certo e justo. A justiça de Deus é vista no Seu modo de sujeitar o Universo e proclamar diversos direitos, para a Sua criação, para as mulheres e para homens : a paz, o amor, a alegria, a felicidade, a solidariedade e fraternidade. Deus mantém as leis e os direitos, concedendo aos seres humanos, aquilo que lhes pertence de maneira apropriada, de acordo com seu valor ou lugar no mundo. Repreende o mal e a desobediência, apreciando e aprovando a prática do bem e a obediência.


Tendo sido criado por Deus, o ser humano, mulher e homem, à sua imagem e semelhança, são perfeitos e completos em todo o seu ser, a partir da obediência à Deus. Entretanto, a má escolha do ser humano, provoca a tragédia da entrada do mal na História da humanidade. Então, Deus, justo e amoroso, satisfaz as exigências de Sua própria justiça contra a desobediência do ser humano, pelo ato redentor de Jesus Cristo, na cruz do Calvário. O “amor santo” de Deus, torna Ele, Jesus, como expressão máxima da justiça de Deus, ao mesmo tempo em que é expressão máxima de Sua graça amorosa!


Pelas Escrituras, toda aquela e todo aquele que crê em Cristo, é declarada justa/justo, é declarado justificada/justificado, sem que o seja(!!!); e procura, pela fé, fazer as obras de justiça que Deus tem preparado, para todas e todos que O amam. Como Igreja, corpo místico de Cristo, somos desafiadas/desafiados a proclamar a justiça de Deus, que se expressa em denúncia contra o estado de afastamento de mulheres e homens, buscando seus próprios interesses, oprimindo e dominando sobre os mais pobres e desvalidos, excluindo parte da sociedade humana de uma vida digna e prazeirosa, feliz e alegre. A Igreja de Cristo também é desafiada a proclamar o amor de Deus, como expressão de salvação do estado de afastamento de Deus, para todas e todos que se arrependem e confiam, na promessa que Deus faz na nova aliança, cumprida em Jesus Cristo, na cruz do Calvário.


A missão da Igreja tem origem, na leitura da Escritura que aponta a vida-morte-ressurreição do Cristo de Deus, como sua centralidade e significado absolutos. Continua no anúncio de Jesus para todas as pessoas, mulheres, homens e crianças de todos os tempos e espaços, e resulta na transformação da História da humanidade pela atividade de Cristo através da Sua Igreja, voltada para os pobres, oprimidos, alienados, discriminados da sociedade humana que olha para si mesma como o centro do universo, perdida em corrupção, violência, injustiça e maldade.


A mudança radical de vida e o perdão de Deus ao indivíduo, mulher e homem, à sociedade em geral, está vinculado ao seguimento de Cristo, em amor e serviço ao próximo, na doação de si mesmo como sacrifício vivo e agradável ao Deus Eterno, perdoador e vivificador. Mas isto somente é possível, com a vivência e proclamação do Evangelho das Boas Novas a todas as pessoas deste planeta Terra.


Possamos nós, Igreja de Cristo, cristãs e cristãos, estarmos conscientes de nossa responsabilidade missionária junto ao outro, ao nosso vizinho, ao nosso amigo, ao nosso colega de trabalho, ao nosso parente e familiar, a fim de que a luz do Cristo brilhe e ilumine, cada uma e cada um, para a salvação e libertação!

Compilação - Adaptação - Wislanildo Franco

Wislanildo Franco
Igreja Presbiteriana Unida do Brasil - PRNV.


Webmaster

©1997-2019 FrancoWO Web Site